Técnicas de negociação para Freelancer

Vender mais não significa lucrar mais. Se você quer vender e lucrar de verdade com o seu trabalho, aprender algumas técnicas de negociação para freelancer é essencial.

No mundo dos freelas, o que pode definir se alguém ganha muito ou pouco se resume às técnicas de negociação que o profissional usa. Ele pode fazer um trabalho extraordinário, mas, se não souber precificar, cobrar pelo seu trabalho e negociar todos os pormenores, pode ter certeza, ele vai perder dinheiro.

E isso é fácil? É certo que não. Aliás, isso é o calcanhar de Aquiles de muitos freelancers. Eu até já falei sobre quanto cobrar por um freela em outro post, mas precisamos continuar esse assunto e falar um pouco mais sobre o processo de negociação para freelancer.

Seja profissional. Freela não é bico!

Antes de qualquer coisa, você precisa ser profissional. Se quer ser respeitado e ganhar bem, precisa se portar como um profissional qualificado, como uma empresa mesmo. É uma ótima ideia ter identidade visual, um lugar onde possa compartilhar suas informações profissionais e portfólio, assim você mostra o que já fez e que não é apenas um aventureiro.

Ainda que você trabalhe sozinho, o cliente precisa enxergá-lo como uma empresa que vai entregar um serviço tão bom quanto aquele que ele receberia de uma companhia com vários funcionários.

Aprenda a precificar e cobrar pelo seu trabalho

Já falei um pouco sobre a precificação e citei um artigo que sugiro muito que você leia, afinal essa é uma das partes essenciais na negociação para freelancer.

É muito importante que você consiga mostrar o que vai entregar para o seu cliente. Não apenas no material em si, mas no valor agregado. Se você vai criar um logotipo, precisa conseguir mostrar para o cliente que o que faz é muito mais do que um desenho para identificar a empresa. Você vai dar uma cara, passar uma mensagem, construir uma poderosa ferramenta que vai ajudar seu cliente a se comunicar mais facilmente e vender mais por longos anos.

Depois de conseguir definir seu preço, pense num detalhe importante em uma negociação para freelancer: deixe margem para negociação. Seu cliente sempre vai pedir desconto, então tenha na manga uma proposta que possa agradá-lo, mas que, de maneira alguma, deixe você no prejuízo.

Apresentação: a base de uma boa negociação para freelancer

Outro ponto-chave é conseguir mostrar tudo o que você pode fazer, como o seu serviço será incrível e solucionará o problema do seu cliente e que ele pode ficar seguro quanto ao trabalho que está contratando.

O básico é enviar uma proposta bem montada por e-mail. Mas, se você puder e quiser ter realmente um diferencial, além da possibilidade de conquistar o cliente com suas palavras e mostrar muito mais interesse e comprometimento, sugiro que faça uma reunião presencial ou por Skype.

Você poderá tirar as dúvidas que ele tiver e, principalmente, identificar se ele está gostando ou não da solução apresentada para, então, poder fazer os ajustes.

Para isso, você precisa montar uma boa apresentação das soluções que vai desenvolver. Se você não faz a mínima ideia de como montar uma apresentação que conquiste o coração do seu cliente, pode clicar aqui e baixe uma apresentação que me ajudou muito a criar um modelo de negociação para freelancer completo e essencial no fechamento das minhas vendas.

Tenho certeza de que se organizando melhor e ficando atento a essas técnicas de negociação para freelancer, juntamente com o modelo de apresentação que estou disponibilizando, você começará a fechar muitas vendas, principalmente vendas lucrativas que vão fazer sua carreira de freela decolar!

Pin It on Pinterest

Share This