Slow content: O que é ?

22 de julho de 2022

A criatividade é um fator importante dentro de diferentes áreas, e produzir conteúdos que possam atrair a atenção de um espectador, acaba se tornando um desafio. O slow content é uma fórmula para que tudo isso ocorra, de modo fluido e orgânico. 

O conceito e a base principal do slow content está ligado ao fato de que, a produção deve ter um ritmo mas dentro dele, a qualidade seja o que realmente importa, sendo que a criação deve ser profunda e uma identidade poder ser vista por meio delas. 

Tendo a tradução para conteúdo lento, quantidade não é tão importante em alguns casos, e nem o tempo que leva como uma montagem de quadro elétrico monofásico deve ser feita com calma para que o resultado seja positivo.  

O objetivo de quem cria por meio do modelo de slow content é que tudo possa ser feito em seu ritmo para que a produção seja algo bom, de modo que em alguns casos, o tempo de quem está criando deva ser respeitado. 

Esse conceito também aborda que os conteúdos devem ter tempo para serem produzidos e não algo feito de automático, para que a originalidade seja o ponto do qual o consumidor será conquistado. 

Já que o marketing digital acabou se tornando uma estratégia bastante utilizada pelas empresas, que querem conquistar o máximo de consumidores possível em pouco tempo, acabam que as redes se tornam consumidas por conteúdos sem aprofundamento. 

Por isso, uma empresa de limpeza de carpete residencial pode criar uma boa estratégia com um conteúdo em formato lento, e de forma criativa, para que o consumidor se sinta atraído pela novidade da qual está vendo.

A importância do método

Ao utilizar o slow content como uma estratégia para os conteúdos que a empresa irá produzir, a importância em torno dele está na melhora que a marca terá para a audiência por conta da qualidade daquilo que foi criado de forma original. 

Essa autenticidade acaba fortalecendo a identidade da empresa, que se destaca dos demais empreendimentos do segmento e poderá conseguir novos consumidores, além de fidelizar aqueles que já utilizam o ventilador centrifugo radial, por exemplo. 

Por isso, esse método acabou se tornando muito importante porque por meio de uma identidade própria e original dentro do mercado, de forma que a audiência consiga ter a sua atenção para os conteúdos que foram criados, acabam dando um maior valor para isso. 

Estratégias e como criar conteúdos de slow content

As estratégias para que um indivíduo que esteja criando conteúdos no formato slow deve ter uma base, sendo incluídos pontos como:

  • Contexto;
  • Boa pesquisa;
  • Elaboração cuidadosa;
  • Valor.

Transformar a empolgação da audiência em saturação é um dos principais erros que são cometidos, portanto, se um e-mail sobre CNH PCD moto deve ser enviado, é importante que essa ação não seja feita com grandes volumes para não correr esse risco. 

Ter contexto é uma das principais estratégias que deve ter envolvendo conteúdos com uma produção mais lenta, podendo não ter um começo e nem um fim em determinada postagem mas também, até mesmo fazer parte de um storytelling. 

O que torna a estratégia ainda mais lenta por precisar planejar com antecedência, pontos que irão prender a atenção do visitante para que ele não somente se engaje, como também, seja parte da trama ao ter seu olhar sob o enredo. 

Slow content também envolve pesquisa, embora alguns criadores possam somente se prender ao formato mais fácil de manter a estratégia de marketing conforme o que está em alta ou que parceiros criaram, é importante que haja originalidade. 

Podendo até mesmo usar outras fontes como experiências reais sobre algo, artigos, livros e eventos sobre LTCAT construção civil, por exemplo, as estratégias saíram em um formato melhor para que bons conteúdos finais sejam mostrados aos clientes.  

A elaboração dos conteúdos devem ser feitas cuidadosamente, para que testes possam ser feitos e refeitos em caso de necessidade de forma mais atenciosa, para que as experiências que o conteúdo irá proporcionar possam ser boas.

Sendo algo que é feito em modo mais lento do que os outros, desde as palavras que vão ser escolhidas até mesmo a forma de interação que terá com os consumidores, deve ter um valor por trás. 

Esse ponto é algo que acaba fazendo a diferença para a pessoa que compram arame recozido duplo, porque acaba tornando-o algo único entre os demais do nicho, podendo ser um conteúdo em si ou então, o formato de uma página completamente diferente. 

Em toda estratégia de marketing que envolva conteúdos, é importante que o planejamento seja feito porque por meio deles, algumas flexibilidades podem ser feitas sem que haja um desvio do foco principal. 

O slow content deve ter postagens com algum objetivo em meio a criatividade de quem a criar porque, ainda sim, essa metodologia deve acabar não só atraindo clientes como também, os consolidando para a empresa. 

As vantagens do recurso

Se uma empresa de tachão para estacionamento planeja investir em slow content, mas busca vantagens para definir se a estratégia vale ou não a pena e o investimento, algumas vantagens podem contribuir com isso. 

01. Formato do trabalho

Por conta da originalidade envolvida no processo, e até mesmo o tempo que envolve para que um material de qualidade seja o resultado final, a equipe de marketing pode acabar balanceando os dois formatos.

Publicando conteúdos mais rápidos e elaborações mais longas, esse sistema híbrido pode dar a empresa a audiência que ela precisa para fazer com que haja interessados em seus conteúdos em meio à agenda de postagens.

02. Maior conexão com a empresa

Tudo que envolve uma boa qualidade pode trazer bons frutos para a empresa, de modo que uma conexão seja estabelecida pelo público satisfeito que a acompanha.

Esse formato de conteúdo é capaz de nutrir um grande número de consumidores, principalmente, aqueles que contêm informações completas, dando uma maior autoridade para a empresa que os utiliza. 

03. Autoridade no tema

Por serem conteúdos que levam mais tempo para serem produzidos, e em boa parte dos casos, necessitam de uma constatação de alguma fonte dependendo da estratégia, a empresa acaba se tornando uma autoridade no tema.

Isso porque a profundidade que eles são trabalhados, bem como, o tempo que levam para serem produzidos acabam gerando esse efeito perceptível para os consumidores. 

Por que investir em slow content?

Se uma empresa está em dúvida do porquê investir neste modelo, um dos principais pontos que levam boa parte dos empreendimentos a utilizar é o tempo que as equipes do setor de marketing tem para se preparar.

O lado artístico pode ser despertado, para que os conteúdos possam ser criados com a originalidade que acaba atraindo o consumidor no primeiro momento.

Para os conteúdos mais textuais, o tempo para redigir e corrigir é ainda maior, dando uma profundidade ao que está superficial para que não seja rejeitado com facilidade, de modo que, por mais que as publicações sejam poucas, podem ser melhores. 

Outro ponto que pode levar a decisão de investimento é a ausência de desperdícios que a empresa acaba se deparando, isso porque houve um tempo para a elaboração do material de modo que, o que será desperdiçado possa ser evitado. 

Isso acaba impactando até mesmo o capital da empresa, que pode cortar e investir somente aquilo que é necessário para o término do projeto e com ele, esperar o retorno que virá dos consumidores. 

Podendo ser uma estratégia que acaba ajudando as empresas que estão iniciando para que, além de não perderem o capital, também possam construir uma autoridade dentro do nicho com os conteúdos certos para cativar a audiência. 

Considerações finais

Portanto, a criatividade é o principal ponto quando se trata de slow content, e também, é um dos métodos dos quais quantidades grandes podem não ter o mesmo impacto do que um conteúdo feito com calma e com um bom planejamento. 

Todas as postagens precisam ter um objetivo e serem originais para que a atenção do consumidor possa ser prendida dentro do que foi criado. 

Despertar o interesse do consumidor por laje nervurada pre moldada é algo que pode ser feito com calma e com objetivos bastante traçados em torno do conteúdo, de modo que a audiência o ache interessante e criativo, podendo ser lançado até mesmo uma única vez.

Criar conteúdos em um formato mais lento que a concorrência pode ser uma árdua tarefa, contudo, a originalidade e a criatividade envolvendo-os pode dar a uma empresa bons resultados em comparação às formas automáticas dos demais segmentos do nicho.  

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

CADASTRE-SE NO FREELANEWS

JUNTE-SE A MAIS DE 45 MIL FREELANCERS QUE JÁ ESTÃO TRANSFORMANDO SUAS VIDAS E CARREIRAS

Informe seu melhor e-mail

Não enviamos spams 😉

Postagens Relacionadas

Comentários

Subscribe To Our Newsletter

Join our mailing list to receive the latest news and updates from our team.

Listas de Espera

You have Successfully Subscribed!