Dicas para ganhar dinheiro como revisor freelancer

Já que dia 28 de março é Dia do Revisor, nada melhor do que dar algumas dicas especiais para que você tenha sucesso e ganhe muito dinheiro na carreira de revisor freelancer.

No dia 28 é comemorado o Dia do Revisor. O Revisor freelancer é uma profissão que cresce cada vez mais por conta da globalização e da facilidade na criação e divulgação de conteúdos. Nunca antes na história deste planeta se produziu tanta informação. E, com tanta informação assim, se faz necessária a presença de um profissional que possa revisar, alterar e melhorar os conteúdos produzidos.

Seja por meio de uma empresa especializada, seja como revisor freelancer, o caminho é árduo e você precisa estar preparado tanto emocionalmente quanto, principalmente, tecnicamente. Revisar não é apenas corrigir erros de português. Hoje, com o conteúdo para internet tomando cada vez mais importância, o revisor freelancer precisa saber muito mais para poder ter sucesso em sua jornada. E é sobre o que fazer para conseguir alcançar esse sucesso que vou falar nas próximas linhas.

Por onde começar? Amor e especialização.

Se você quer começar sua carreira como redator freelancer, é preciso internalizar estas duas palavras: amor e especialização.

Primeiramente deve ter amor por ler, escrever e interpretar textos dos mais variados. Se você não gostar realmente disso, com certeza vai achar um saco o que está fazendo e vai começar a entregar um trabalho ruim. Portanto, aquele clichê é superválido aqui: ame o universo da leitura e da escrita.

Se você ama isso, aos poucos vai começar a se especializar na área. Primeiro pode começar a ler livros e ter aulas que ensinem mais sobre gramática, interpretação e conteúdos mais técnicos da língua portuguesa. Depois pode conhecer também sobre a criação de textos para web, aprendendo um pouco sobre SEO, otimização de textos para mecanismos de busca, técnicas de persuasão e escaneabilidade. Quanto mais você aprender nesta área, melhor será para o seu currículo.

Fazer faculdade de letras ou em alguma área da comunicação é um grande diferencial, mas você pode começar com ebooks e cursos grátis, como os da Universidade Rock Content ou da HubSpot. Também existem outros cursos online e até graduações à distância que você pode fazer. A internet tem uma infinidade de possibilidades. Vale a pena você investir algum tempo pesquisando todos os cursos e conteúdos disponíveis que possam agregar valor à sua carreira de revisor freelancer.

Busque referências com pessoas que já trabalham nessa área. Leia blogs ou fale com amigos que tenham algo a contar sobre essa carreira. Você pode entrar em grupos de discussão no Facebook ou em outros fóruns da internet. Quem trabalha com isso pode dar um panorama mais real sobre o mercado, contar segredos e mostrar atalhos que você pode seguir para alcançar o sucesso.

Por fim, se possível, busque experiências profissionais. Faça um estágio ou algum trabalho que lhe permita ter contato mais próximo com o mercado e, principalmente, criar network. Começar do zero, sem ter ninguém pra indicar você vai ser muito difícil. No começo, toda experiência é bem-vinda e vai ajudar a montar um portfólio mais sólido.

Como ser revisor freelancer e conseguir os primeiros clientes?

Não basta apenas ter amor e se especializar para ser considerado um revisor freelancer. Você precisa ter clientes, não é mesmo? É isto que todos nós queremos: clientes e dinheiro. Por sorte, hoje em dia, com a internet é possível que você consiga clientes em qualquer lugar do mundo, sem sair de casa. É possível ter sucesso, ser reconhecido e ganhar uma baita grana sem tirar o pijama!

Mas, antes, você precisa se preparar e saber onde buscar esses clientes.

A dica número 1 é: crie um site para apresentar seu trabalho (e um pouco mais sobre quem é você). Não é difícil. Existem várias ferramentas gratuitas, como Wix e WordPress, e a maioria dos servidores, onde você vai comprar seu domínio, também oferecem ferramentas para criação de sites.

A dica número 2 é: divulgue seu trabalho nas redes sociais. Tenha página no Facebook, Twitter, Instagram e, principalmente, no LinkedIn. É lá onde se encontram pessoas que podem ser seus futuros clientes e parceiros.

A dica número 3 é: se cadastre em plataformas como a Contentools e Rock Content. Elas são especializadas em criação e gerenciamento de conteúdo para várias empresas, que precisam contratar redatores, revisores e designers para trabalhos freelancer. Dessa forma, eles podem conseguir os clientes de que você precisa de maneira prática e dinâmica.

Dica bônus: seja profissional e tenha as ferramentas necessárias

Você iria a um dentista que não tem ferramentas adequadas e faz tudo com um martelo e um alicate? Acho que não, né? Portanto, você também precisa ser profissional na sua carreira de revisor freelancer.

Primeiramente, estude a possibilidade de criar um MEI para ter seu próprio CNPJ. Já falei aqui sobre como ele é importante e pode ajudar a conseguir mais clientes.

Além disso, busque instrumentos que tornem seu trabalho mais fácil e rápido. Pesquise sobre ferramentas de automação que podem ajudá-lo a ser mais organizado e produtivo.

Você pode também aproveitar para adquirir um ebook que vai ser uma mão na roda na sua carreira de revisor freelancer: o Manual de Sobrevivência do Revisor Iniciante. Esse ebook é sensacional e explica tudo o que você precisa saber. Além disso, conseguimos um descontaço para quem é nosso parceiro. Você terá 15% de desconto na compra desse ebook, basta adicionar o cupom de “SerFreelancer” que a Carolina disponibilizou para os leitores do blog! Valeu, Carol!

Aproveite, pois o desconto só é válido por 15 dias, contados a partir deste dia 28 de março. Deixe seu comentário e vou lhe passar o passo a passo para conseguir o seu com esse descontão!

Agora é com você. Meus parabéns pelo seu dia, revisor. E muito sucesso em sua futura carreira.

Pin It on Pinterest

Share This