Contrato para freelancer: você precisa fazer o seu agora mesmo!

O contrato para freelancer não é uma mera formalidade. Ele vai dar, além de um maior profissionalismo , a garantia de que você não vai ficar no prejuízo.

 

Uma das coisas boas de ser freelancer é manter certa informalidade. Você é mais livre pra fazer as coisas do seu jeito, sem se preocupar com muitos detalhes e burocracias tão necessárias no mundo corporativo.

Porém, se tem uma burocracia que é importante e pode “salvar a vida” de muito freela por aí é o contrato de prestação de serviços.

Se você ainda não sabe como fazer um contrato para freelancer, ou sequer se deu conta de como ele é importante para o seu negócio, meu amigo, este texto é tudo o que você precisa ler hoje.

Qual é a importância do contrato para freelancer?

Parece óbvia a importância que tem um contrato para freelancer, mas muita gente, ainda assim, insiste em não fazer o seu na hora de fechar um trabalho. As consequências podem ser as mais variadas:

  • Seu cliente pode não pagar pelos serviços que você prestou
  • Ele pode exigir coisas que não estavam previstas
  • Pode alegar que você não fez algo
  • Ou desrespeitar os prazos estabelecidos

Se você fizer um contrato, tudo isso poderá ser evitado, já que todos esses detalhes como valores, serviços a serem prestados e prazos estarão neste documento.

Além disso, estabelecer um contrato demonstra que ambas as partes estão não só comprometidas em fazer tudo da forma correta, sabendo dos seus deveres, direitos e obrigações, mas também estão empenhadas em desenvolver juntas o melhor serviço.

O desenvolvimento de um contrato para freelancer torna tudo mais seguro e transparente para ambos os lados, diminui a inadimplência e posiciona você como um profissional de verdade, praticamente uma empresa, tirando aquele ar de informalidade.

O que o seu contrato precisa ter?

Escrever um contrato para freelancer não é um bicho de sete cabeças. Ele pode ser escrito por você mesmo, desde que respeite algumas regras, tenha as informações necessárias e seja redigido em linguagem formal e correta.

Se você quiser redigir seu contrato, precisa se atentar para algumas partes que são essenciais:

  • Identificação das partes – Seus dados e os do cliente. Nome, CPF, RG, endereço, e demais dados que achar necessário. No caso de empresa é essencial ter o CNPJ.
  • Descrição do trabalho – Tudo o que vai ser feito com todos os detalhes. Não deixe nada de fora. Quanto mais detalhado, melhor para ambas as partes.
  • Direitos e deveres – Especificar se vai ter alguma particularidade nesta relação de trabalho como a disponibilização de algum material por parte do contratante, se haverá necessidade de visitas ou qualquer outra situação diferenciada que deve ser lembrada aqui.
  • Prazos – Detalhe quanto tempo levará para entregar cada parte ou o projeto inteiro.
  • Pagamentos – Detalhe qual será o valor do projeto ou de cada parte que será entregue e também as condições e prazos de pagamento, bem como cobrança de juros e multas, se for o caso.

A parte boa é que já existem muitos modelos na internet que você pode usar. Inclusive, aqui eu também estou disponibilizando um modelo de contrato para freelancer que costumo usar por aqui. É só você preencher com os seus dados, do cliente, do trabalho a ser realizado e pronto: contrato feito, direitos e deveres definidos e seu sono mais tranquilo.

Chegou a hora de assinar o contrato!

Relaxa, a parte difícil você já fez, que é preparar o contrato. Agora é só propor para o seu cliente, explicar a importância de manter a relação profissional e segura para ambos os lados e, com certeza, seu cliente assinará sem maiores problemas.

Se, por algum motivo, seu cliente não quiser assinar contrato, não pense que você está errado ou que isso não vale a pena. Pense que você está se livrando de um péssimo cliente; afinal, se ele é honesto e honra a própria palavra, por que não assinar o documento?

E, por fim, se você acha que assinar um contrato vai dar uma trabalheira com aquele cliente de longe, fique frio. Tenho uma ótima dica! Dê uma olhada no D4sign. Essa plataforma permite que você crie e assine documentos eletronicamente de forma rápida, prática e segura.

 

Tá esperando o quê? Baixe aqui esse modelo de contrato para freelancer e fique mais seguro em seus próximos freelas.

Pin It on Pinterest

Share This