O que é e como sobreviver a um cliente passivo-agressivo?

O que é um cliente passivo-agressivo? Onde vive? Como se alimenta? Como pode fazer você explodir de raiva? Descubra tudo, hoje, no Glob… ops… nosso blog.

Nas relações que desenvolvemos em nossos trabalhos como freelancer, encontramos todos os tipos de pessoas e reações. E aprender como negociar com os vários tipos de perfis com que precisamos lidar é essencial. Saber como reagir a certas pessoas pode nos garantir trabalho e confiança, evitar problemas futuros e nos poupar de alguns cabelos brancos. Mas, hoje, quero falar aqui sobre o cliente passivo-agressivo. Você talvez não saiba exatamente o que é isso, mas pode estar convivendo com um sem saber.

O que é um cliente passivo-agressivo

O comportamento passivo-agressivo pode surgir em qualquer pessoa, inclusive em você. E muitas vezes nem notamos que é um comportamento nocivo.

O cliente passivo-agressivo é aquele que parece calmo, mas guarda uma raiva e tenta atacar você, veladamente, sem demonstrar. Ele é agressivo, porém passivo e, por isso, não deixa transparecer sua raiva, nem ataca você na hora em que algo acontece. Ele é sarcástico, perfeccionista, procrastinador, tende a ser mal-humorado e não é aberto a sugestões e críticas.

Um cliente passivo-agressivo nunca vai dizer na sua cara que não gostou do seu serviço, mostrando o que poderia mudar e como ele acha que poderia ser melhor. E isso é um desastre. Sem o feedback, você não sabe o que pode melhorar. Aí ele acha um jeito melhor de fazer as coisas sem precisar do seu trabalho ou, até mesmo, incomoda tanto que faz você desistir.

Como identificar um cliente passivo-agressivo

Inicialmente eles parecem bem amigáveis e sociáveis, mas certas atitudes revelam o comportamento agressivo que tentam esconder.

  • Podem ser grossos ou desrespeitosos, sempre com comentários ácidos, querendo demonstrar um comportamento rebelde.
  • Têm dificuldade em assumir seus erros e sempre tentam culpar os outros.
  • São ressentidos e têm grande dificuldade de perdoar. Na primeira oportunidade que tiverem, vão ressuscitar erros do passado pra jogar na sua cara.
  • Gostam de mostrar autoridade e por isso não são abertos a críticas e sugestões.
  • São muito críticos e perfeccionistas em tudo.
  • Sempre estão justificando sua baixa performance quando estão em uma equipe.
  • Têm medo de ser dependentes.
  • São procrastinadores e têm dificuldades em cumprir o que prometem.
  • Costumam deixar tudo pela metade.
  • São esquecidos.
  • Não dão muito valor a objetos, nem a relacionamentos pessoais. Por isso podem simplesmente trocar você pelo concorrente sem nem explicar por quê.

Como lidar com esse tipo de cliente?

Um cliente passivo-agressivo é muito difícil de lidar, até porque ele não demonstra resistência direta; muitas vezes adota um tom pacificador e compreensivo, embora internamente esteja cultivando sentimentos agressivos.

Um cliente passivo-agressivo acredita que “bater de frente” é pior, por isso vai evitar conflito e sempre tentar resolver isso de outras formas. No começo parece bom, mas aos poucos você passa a notar que isso só prejudica seu relacionamento com ele e dificulta e atrasa seu trabalho.

Para lidar com um cliente passivo-agressivo, talvez uma das formas mais eficientes seja se manter passivo. Mas sem ser agressivo. Como ele tenta minar de forma indireta, ao notar que isso não está funcionando, pode adotar uma postura mais branda.

E, se mesmo assim você não conseguir lidar com esse cliente passivo-agressivo, talvez esteja na hora de demiti-lo, antes que você exploda de raiva.

Pin It on Pinterest

Share This