4 lições de empreendedorismo que aprendi assistindo Boku No Hero

Se você é geek/nerd/otaku, ou mesmo que não seja assim tão fã de anime, e empreende, esse definitivamente é um anime para você! Você já ouviu falar de My Hero Academia? Originalmente chamado Boku No Hero, é um dos animes mais vistos atualmente, com aceitação e críticas surpreendentes.

Para falar a verdade, eu nem sou assim tão fã de animes (confesso q já fui muito mais viciado na adolescência, mas hoje quase nem vejo muita coisa nesse gênero, embora curta alguns). Porém meu marido, que é mais fã de anime do que eu, tem insistido (há quase 3 anos!) comigo para que veja esse anime, sobretudo porque ele tinha certeza de que eu iria adorar a história!

Não poderia estar mais certo!

Antes de iniciar as lições que aprendi assistindo a esse anime (que ainda não finalizei), preciso te contextualizar um pouco sobre a história do Deku. A história acompanha Izuku Midoriya, conhecido entre os amigos como Deku. Ele vive em um mundo onde 80% da população nasce com superpoderes; na história os poderes são chamados “individualidade”.

Considerado o “normal” todas as pessoas terem algum tipo de individualidade diferente, ele é um menino que nasceu sem nenhum superpoder/individualidade, mas mesmo assim sonha em se tornar super-herói, profissão comum nessa realidade.

Após ajudar o maior herói do mundo a capturar um vilão, este compartilha os seus poderes com Deku depois de reconhecer o seu valor e o ajuda a se matricular em uma escola para heróis em formação.

O anime segue com a história de superação e evolução de Deku, mas não pense que é só isso. Há muito mais para ser visto e tudo em uma narrativa bem descontraída e ao mesmo tempo reflexiva. É claro, tudo muito bem amarradinho!

Indo além de uma animação muito bem produzida e com uma história cativante. Vamos às lições?

1. Ressignificação

Umas das coisas que mais me chamaram a atenção na história do Midoriya foi seu apelido. Quando mais novo, ele foi performaticamente apelidado de Deku, que significava “inútil”, segundo o antagonista do anime.

Nos tempos atuais, em que a história é narrada, em dado momento Deku se dá conta de que é capaz de ressignificar seu nome, visto que a pronúncia de “Deku” também é muito similar à pronúncia em japonês para “Você consegue/você é capaz”.

Assim Deku passa a gostar do seu apelido, tomando-o para si com um novo significado!

Na vida e no empreendedorismo, é preciso ressignificar as coisas, muitas das vezes. Você ouvirá de parentes, amigos, e não tão amigos assim, que não é capaz, que sua ideia não dará certo, que você irá se frustrar. Muito antes de você se tornar vingativo ou chateado e usar essa energia de forma prejudicial a seu empreendimento, você precisa compreender suas origens, suas ideias e você mesmo.

Nesse momento, autoconhecimento é essencial. Você precisa compreender que muitas dessas pessoas não pensam como você, temem por você e às vezes só querem seu bem, pois temem que ao fracassar você irá se frustrar e isso te destrua de certa forma.

É preciso ressignificar esse sentimento e entender que são humanos, universos complexos que estão em outro nível de compreensão, nem melhor e nem pior do que você, apenas diferente, e usar isso para no futuro mostrar que sim, é possível!

Muitas vezes o fracasso irá bater à sua porta e isso não quer dizer nada. Você precisa entender que tudo pode servir de lição. Não é o fracasso que te fará desistir, mas sim a sua incapacidade de ressignificá-lo em sua vida. É possível aprender com seus erros, para não os cometer novamente.

2. Determinação

Desde cedo o Deku é ridicularizado ou desacreditado. Por diversas pessoas. Em nenhum momento ele desiste. Isso não quer dizer que ele não pense nisso.

Durante o anime é possível acompanhar o jovem em sua jornada de herói se questionando se deveria mesmo continuar. Será que tudo que falaram para ele não seria então verdade? Deveria ele desistir e seguir uma outra vida?

Entretanto ele se coloca para cima, determinado a alcançar seu objetivo.

No empreendedorismo eu acredito que é preciso ter um  propósito, algo que te motiva, que seja maior do apenas acordar e fazer o mesmo trabalho todos os dias. Se você empreende porque deseja ou porque a necessidade te obrigou, em algum momento o teu OBJETIVO maior deve ser seu maior incentivo. E é pensando nele, todos os dias ao acordar, que você faz o necessário para chegar lá.

3. Disciplina

Deku é um adolescente sonhador. Ele realmente acredita que poderá se tornar um herói.

Assim, após encontrar seu mentor, é submetido a um rigoroso programa de treino, com direto a deadline e tudo.

De forma indisciplinada, Deku resolve aumentar seu treino sem avisar o professor. Ao fazer isso, elimina algumas horas de descanso, que estavam INCLUSAS em seu treino.

Ele aprende de forma dura que descanso faz tão parte do trabalho quanto o trabalho em si!

Quando ele excede seus limites, o corpo trava. Então o mentor o ensina sobre a necessidade de ter DESCANSO e DISCIPLINA. O treino estava contextualizado para todas as necessidade de Deku: idade, corpo, objetivo. Havia mais do que só malhar: alimentação, exercícios, musculação, etc.

Ao excedermos os nossos limites não seguindo uma disciplina, muitas vezes somos pegos desprevenidos por algum tipo de estafa. Às vezes uma gripe muito forte, ou, em piores situações, uma síndrome de burnout.

DESCANSAR FAZ PARTE

Ter disciplina é essencial. É preciso compreender seus limites e se manter organizado com seus projetos. Igualmente importantes são as pequenas quebras nas rotinas de vez em quando para que não apenas seu corpo mas também sua mente desligue um pouco do trabalho.

4. Vá além das suas habilidades:

Muito mais do que usar sua individualidade, nosso protagonista demonstra uma verdadeira visão estratégica da coisa. É claro que ter poderes e usá-los é útil e poderia resolver diversos problemas a curto prazo, mas às vezes é preciso segurar um pouco aquilo que se faz de melhor, usando outras habilidades, como a inteligência e sagacidade, tendo visão mais ampla e conscientização dos impactos futuros das suas ações!

O planejamento é algo essencial na vida de um empreendedor. Se você é um excelente designer ou incrível programador, isso é ótimo, mas ainda é preciso segurar um pouco a vontade e o prazer em fazer aquilo que você ama fazer para prestar atenção a detalhes de outras magnitudes, tão importantes quanto sua “individualidade” como profissional!

Mesmo além dessas lições, My Hero Academia é um anime surpreendente que entrega muito mais do que apenas mais um “desenho” de luta e poderes. Ele fala sobre autoconfiança, determinação, autoconhecimento, valor.

Vale dizer ainda que é possível rir, se energizar e chorar durante vários episódios do anime, por vezes sentir tudo isso em um único episódio!

E você, já assistiu a esse anime? Comenta aqui o que acha se já viu ou faça indicações de outros animes/séries/filmes que te tragam importantes lições!

Pin It on Pinterest

Share This